Skyline (2010)

Direção: Colin Strause, Greg Strause

Elenco: Donald Faison, Eric Balfour, David Zayas, Scottie Thompson, Brittany Daniel

Imagine que você esteja assistindo TV em casa e por sorte ou por escolha assista uma sessão dupla com dois filmes, Cloverfield e Distrito 9. No final dessa sessão dupla você tem a brilhante idéia de misturar os dois filmes, por que não fazer um filme de invasão alienígena com foco em um casal normal de protagonistas (sem atos heróicos quero dizer).

Agora imagine que você tem uma excelente idéia para começar o filme mas ele se torna tão grande que você não tem a menor idéia de como ele vai terminar.

Agora imagine também que o último filme que você (e seu irmão já que o filme é dirigido pelos irmãos Strause) fez foi a Bomba Alien Vs Predador 2, que todo o mundo odiou e quase acabou com não só uma mas duas franquias de uma só vez de um grande estudio de Hollywood.

Imaginando quase tudo isso ainda assim fui assistir o filme Skyline aqui em Dublin e meus medos se tornaram realidade, apesar de bem produzido, com uma fotografia excelente, sequência inicial empolgante e uso de luz e sombra eficiente o filme peca em dois aspectos importantissimos em que os outros dois filmes citados lá em cima foram excelentes: Roteiro e atuação.

Skyline tem um roteiro horroroso, com uma história capenga que não engrena, em nenhum momento a conexão com as personagens principais é realmente desenvolvida e as situações propostas/elaboradas pelo roteiro não tem lógica alguma para a preservação das personagens (O que acreditamos ser a motivação de todos) não gosto de dar muitos detalhes ou entregar spoilers do filme mas vou citar alguns acontecimentos esporádicos para melhor demonstrar o que escrevo:

– Em uma batalha de aviões e naves alienígenas bem acima do prédio em que você está, o primeiro lugar que voce procura para fugir com sua esposa grávida é o topo do prédio

– Sua mulher e amante estão apavoradas e o seu único plano é tentar salvar o vizinho, por que você gosta dele.

– Você foge do seu apartamento de seres alieniginas que invadem predios usando o elevador.

Além de todos os fatores citados acima ainda temos que encarar a atuação mediocre de todo elenco, do personagem principal (Para terem uma idéia de como me importei com eles não lembro o nome de nenhum dos personagens do filme) a todos os amigos, amigas, mulheres, colaboradores e afins que aparecem no filme e o final ridículo e decepcionante que ofende a inteligência de qualquer pessoa ou alienígena assistindo o filme.

A única ressalva para o filme todo porém é a cena do bombardeio a nave mãe, a musica de redenção, as manobras e a emoção transmitida transmitida pela edição ágil e pela velocidade das naves realmente me consegue transmitir toda a emoção e empolgação que esse tipo de filme deveria transmitir.

Trailer do filme:


Anúncios

Uma resposta

  1. Opa, achei esse Skyline bem fraco. Tinha muita espectativa em relação a ele.
    Estou retornando com o Nem Todos São Arte, depois de alguns anos parado. Nova cara e novas idéias. Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: